Saturday, January 20, 2007

Festa no Rio
Hoje é aniversário do Cleyton Palmeira. O Rio de Janeiro está em festas. Tudo começou quando o Clayton fugiu de Belém e foi vender cachorro quente de picadinho no Maracanã. Não vendeu nenhum e prometeu nunca mais por os pés no Rio. Os cariocas decretaram feriado quando souberam que o nome dele é Clayton Sebastião e aproveitaram pra homenagear o santo fundador e a fuga do indigitado vendedor de pão com picadinho, onde já se viu.

5 Comments:

Blogger Luana Caldas said...

Mas o cachorro quente de picadinho é bem melhor que o outro.
Mais um para blogesfera.Seja Bem vindo.

8:55 AM  
Blogger ak said...

Luana. Já me sinto bem vindo. Pelo menos, alguma coisa a gente tem em comum: Luana é o nome de uma das minhas filhas.

2:50 AM  
Blogger Luana Caldas said...

Olha! Que bom para ela!rsrsrs

3:49 PM  
Blogger klautau said...

O Clayton tem mesmo cara de tiozinho de cachorro quente. E foi escolher logo no Rio?

8:58 AM  
Anonymous Anonymous said...

Ora, gente, se o Clayton de que falam é o mesmo Palmeira que conheço, este é melhor do que qualquer cachorro quente. Pintou esse Cleyton por aqui nos anos 80, importado pela Rádio Itacaiúnas, e o que bebemos e aprontamos juntos não está escrito. Se é o mesmo vosso, por onde encontrá-lo? A última informação que tive dele, há anos, é que se escondia em Ananindeua.
Ademir Braz

11:26 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home