Monday, March 10, 2008

UM JORNAL DE CAMPANHA
( o livro do Expedito Leal )

Li o livro do Expedito Leal neste fim de semana em Mosqueiro.
São muitas situações e muitos personagens do jornalismo paraense citados.
Deu vontade de ouvir as versões dos citados que viveram as situações descritas pelo Expedito.
Sem juízo de valor do que foi dito e o não dito, é bom ler um jornalista contando, na primeira pessoa , suas experiências.

7 Comments:

Blogger Flanar said...

Vc poderia ter excluído apenas o comentário, que também tentaram "emplacar" no Flanar e foi igualmente vetado.
Basta ir até o comentário, que se vc estiver autenticado no Blogger com login e senha, vai aparecer um pequeno ícone de lixeira,no canto inferior esquerdo do comentário. Clique na lixeirinha e vai aparecer uma janela de confirmação. Diga SIM e pronto.
Mas como ia dizendo naquele post, vc foi a Mosqueiro? Então deve ter curtido os dois bons dias que fizeram por lá, com maré cheíssima.
Quanto ao livro, onde poderíamos encontrá-lo?

Abs

8:05 AM  
Anonymous Anonymous said...

AK DIZ
Flanar: desculpe, mas tem um técnico tentando me modernizar com o uso da Internet e eu acabo me confundindo, às vezes.
Por culpa minha, não dele.
Mosqueiro é lindo sempre e o livro pode ser encontrado na Jinkings.
Abraço,
Afonso Klautau

9:09 AM  
Anonymous Anonymous said...

Eu também li o livro do Expedito. Ele mente pra cacete! nunca teve essa bola toda que diz ter tido com o Jader

1:09 PM  
Anonymous Anonymous said...

Fala aí Afonso.
Não tenho teu e-mail por isso vim por aqui , não sei se é o canal certo se for o caso pode me mandar um mail :tadeuschumann@msn.com
Estou em tratamento contra o alcóol e me lembro lá no ano passado vc mencionar vinho sem alcóol , funciona???? pode me dar uma dica??? Estou a 4 meses invicto e na base da Liber.
Abração
Tadeu
ah não esqueça de de vez em quando tocar o "era uma vezinha"

2:45 PM  
Anonymous Anonymous said...

Oi De liga , tá chateado não dá pra mandar um resposta??? muito ocupado????
Abração
Tadeu

12:26 PM  
Anonymous Anonymous said...

AK DIZ
Tadeu: o nome do vinho é La Dorni.
Uma vinícola do RGS com produção limitada.
Tem tinto e branco e deve ser tomado bem gelado. Dá pra enganar legal.
Liga pra 50 77 24 67, em SP, que te dizem onde encontrar por aí o dito cujo.
Boa degustação.
Afonso Klautau

7:55 AM  
Anonymous Anonymous said...

Porra Deliga
barba , cabelo e bigode.
Dá pra enganar legal é o espírito da coisa
De resto manda ver com o "Na floresta" a arte é sua o deleite nosso.
Se vier a Sampa tem janta em casa regado a La Dorni bem gelado te esperando.Meu mail tá aí em cima
abração
Tadeu

12:06 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home