Monday, March 24, 2008

A VERDADE SOBRE A AMAZÔNIA
( no senso comum da revista Veja )

A capa da revista Veja dessa semana é a seguinte:

A VERDADE DA AMAZÔNIA

Pimba lelê, pimba lelê ou lalá.

Não vi nenhum jornal, nenhum blog, comentar a reportagem da Veja.
O que me deu vontade de fazê-lo foi uma nota do "quintaemenda" dizendo que amanhã o Valor Econômico publica matéria sobre as relações da Vale com o Pará.
Tamos bem na foto. Que foto ?
A Veja edita a matéria em 6 capítulos, todos com um introito. Introito mesmo: Senso Comum, e Verdade.
O que significa, de primeira, que senso comum e verdade não tem nada a ver. São opostos.
Os capítulos, só pra ilustração:
1 - Por que preservar a Aamazônia ?
2 - O grau de desmatamento
3 - O boi, a soja, a madeira
4 - As leis e suas consequências
5 - A ameaça do homem
6 - Propostas para o futuro

A Veja mobilizou um monte de contratados pra fazer a matéria que, com certeza, botaram o pé aqui só pra cumprir a pauta e colocam o Homem só como ameaça. Leia lá os títulos dos capítulos.

Não entendem porra nenhuma de Amazônia, muito menos de Pará e, não tenho dúvidas, a matéria do Valor Econômico sobre a Vale vem no tom de quem não sabe o som da terra.

Não me meto a jornalista experiente no assunto porque não sou.
Mas, sou um leitor experiente.
E, pensando bastante atualmente no que fazemos nós que aqui vivemos e temos, pelo menos, essa palavra desse blog que você está lendo, e muitos e muitos mais.
Erramos. Muito.
Vamos, então, esperar que a gente não tome conta da gente e só ficar esperando quem serão os próximos prefeitos, eleitos pela Vale ou não ?

Depois, pensar no governador, nos senadores, nos deputados.

Pra encerrar, a receita da Veja para
A SAÚDE DA AMAZÔNIA

- "que as leis sejam cumpridas, a ciência aplicada e a vigilância por satélite complementada com extensiva ação policial punitiva aos desmatadores".

Tá escrito na revista. É só ler.

Enfim, esse post não é de revolta, nem de raiva.
É só uma tentativa pequenina para dizer aos que fazem política, façam por todos.

Ou, pelo menos, se informem melhor.

3 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Se informar com a Veja, professor? Já foi o tempo.rsrsrs

4:40 PM  
Blogger ak said...

Anônimo: que o tempo foi, foi. Mas, se informar é saber também o que falam nacionalmente sobre nós os desinformados. Como a Veja.
Só acho que, hoje, a informação midiática, em todos os seus níveis, não tem levado nossos representantes - com exceções?? - a, pelo menos, opinar sobre os temas lançados pela mídia falando sobre nós.
A mediação que tanto Jesus Martim Barbero falou.
Quem media a mídia ?
Afonso Klautau

6:32 AM  
Blogger José Eduardo said...

Outrora veja era reconhecidamente fonte de conhecimento. Não a vejo mais assim.
Se contarmos o numero de paginas com matérias interessantes e depois contarmos o número de páginas com publicidade chegaremos a constatação que Veja já não é a mesma dos tempos de Collor e Cia Ltda.

9:16 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home