Wednesday, May 02, 2007

NINGUÉM NESTE MUNDO É MAIOR DO QUE EU

"Sinto-me grande, imensamente grande, dentro dessa beca. Ninguém, nesse mundo, maior do que eu dentro dela. Não por merecimento pessoal. Jamais por virtude própria. Vestido dessa beca, estou armado defensor da Lei. Como defensor da Lei, sou sacerdote do Direito. Como sacerdote do Direito, sou guarda da Justiça. Como guarda da Justiça, sou arauto da Verdade. Como arauto da Verdade, aproximo-me intimamente de Deus, que é a fonte única, imanente e eterna da Verdade. Por isso, dentro dessa beca, ninguém, neste mundo, maior do que eu!"
Aldebaro Cavaleiro de Macedo Klautau
----------------------------------------------------------------------------------
Discurso de Aldebaro Cavaleiro de Macedo Klautau, no Teatro da Paz, em 1952, no cinquentenário da Faculdade de Direito do Pará.
Hoje, 02 de maio, se corporalmente estivesse vivo, faria 100 anos. Mas, vivo ele está nos corações e mentes de seus familiares, amigos, alunos e de quem mais se lembra desse homem notável.
Obrigado por ser seu filho. Benção, pai.

6 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Palavras sempre atuais do velho e sábio Aldebaro, mesmo depois de 55 anos. Ele foi um exemplo. Lembro-me dele quando eu, ainda garoto, ajudava as missas na Igreja dos Capuchinhos. Sua fala silenciava a platéia de católicos e deixava muitos ensinamentos.

Abraços,

Orly Bezerra

1:00 PM  
Blogger ak said...

ak diz.
Legal, irmão Orly. É a primeira vez que você faz um comentário nesse blog, e de uma maneira muito carinhosa. Grande sbraço.
Afonso Klautau

1:18 PM  
Blogger Francisco said...

A nossa pequenez, como bem anotou teu amigo , está imensa, mesmo!
A começar pelos mestres de hoje, vide o atual titular da CCS, em oposição aos do passado, vg, Aldebaro Klautau, Octávio Mendonça, Daniel Coelho de Souza, para ficarmos nessa santíssima trindade da área jurídica.
Frederico Barata, Edgar Proença e Cláudio de Sá Leal no jornalismo, dentre tantos que poderia citar.
E assim no parlamento "mirim" (Augusto Meira Filho, por exemplo),
no executivo ( eng.Fernando Guilhon), e por aí vai.
Hoje vivemos a era da fulanização, dos 15 ( ou serão 5?) segundos de fama, da mediocridade.
A educação ( e todos estamos "carecas" de saber) , base do desenvolvimento integral de uma sociedade , caminha a passos largos para trás.
É como disse Roberto Campos , o hoje saudoso "Bob Fields" , "O Brasil tem cada vez mais passado no seu futuro" em seu discurso de despedida do Senado, salvo engano meu, em 92.
Enquanto isso , a oposição .....
Mas...fiquemos, por hoje, na grata lembrança do mestre Aldebaro, esse sim tão simples em sua grandiosidade como o são os verdadeiros sábios .
A lamentar apenas que os sábios ensinamentos do "velho" Klautau não tenham balizado a vida de todos que dele puderam auferir algum tipo de audiência.
Também ,se o contrário fosse verdadeiro, aí meu caro AK, teu pai já estaria há muito canonizado pela nossa sempiterna Igreja Católica Apostólica Romana.
Ah! Quase esquecia, parabéns pelo blog (e precisa?)!

3:15 PM  
Blogger Romulo said...

Caro AK,

O lado bom da historia das palavras ditas pelo nobre causidico brasileiro e orgulho da intelectualidade paraense, Doutor Aldebaro Klautau, eh que ele nao teve que ver, com a frequencia que estamos vendo,os arrepiantes escandalos de injustica praticados por alguns tambem becados que empolgados pelo mesmo motivo, devaneiam e nao passam de sordidas caricaturas de semi-deuses,desfilando arrogancia e prepotencia mas colaborando com a corrupcao e sendo mais um carrasco do povo brasileiro.A que ponto chegamos... ...devolvam a etica,por favor, estou com vergonha e nao sabemos o que dizer aos pequenos brasileiros de hoje.Que nacao teremos no futuro com esses exemplos de hoje.Assim nao dah,neh AK?

9:04 AM  
Blogger Diego Genú Klautau said...

Oi pai,
Teu pai, meu avô.
Ele nos vê, e nos aguarda para um afetuoso abraço.
Quando a coragem dos homens falhar, e quando todos os laços de fraternidade estiverem quebrado, e nada mais importar e tudo o que nos restar for o abismo do velho Johnny, lembre-se de que o velho Aldebaro te abraçou, te protegeu e te deu razão.
Gosto muito da história que você conta sobre a palestra sobre a ditadura militar que o velho Aldebaro deu quando tu eras presidente do DCE na ufpa.
Grande tempos, grande exemplos, grandes gestos.
São essas as histórias com as quais me lembro de ti e dele.
Um beijo.

7:20 AM  
Anonymous Anonymous said...

Que belo discurso! São palavras que refletem as virtudes de uma alma devotada à Justiça. Sempre que chego no Escritório de seu filho, onde trabalho, Baim Klatau, que é um brilhante advogado também, me deleito em ler referido discurso, que está emoldurado em um quadro, afixado na parede da sala de espera.

Não tive a oportunidade de conhece-lo em pessoa, porém já ouvi muitas histórias inspiradoras de suas façanhas, que me motivam imensamente a ser um grande defensor, não apenas da Lei, sobretudo do Direito e da Justiça!

Um homem que registrou sua marca na história do Pará e que se imortalizou na memória de muitos, pelos livros que escreveu, discursos que proferiu, enfim, de sua obras significativas à sociedade paraense!

Luiz Flávio Pamplona

2:57 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home