Friday, October 26, 2007

A FUNTELPA - TV E RÁDIO CULTURA

Fico de banda, de banda, de lado,pra dançar esse carimbó.
A Funtelpa é parte da minha vida.
Voltei de São Paulo onde fiz o Mestrado em Ciências da Comunicação na USP e era o editor-chefe nacional do SBT, a convite do governador eleito Hélio Gueiros, pra inventar a TV Cultura do Pará, junto com Francisco César, Ronald Pastor e Regina Alves.
Todo mundo em SP me chamou de doido. Fiz justiça a eles. Inventamos.
Hoje, vejo a Funtelpa no meio do furacão. Gente que eu gosto esculhamba ou defende o que está acontecendo por lá.
Dois pontos são colocados. 1: a questão do emprego. 2: a questão da criação.
A questão do emprego - celetistas, concursados, temporários - é barra pesada.
Durante 4 anos como diretor da TV Cultura e 2 anos e meio como presidente da Funtelpa, só conseguí quebrar o galho do pessoal pra ganhar melhor. Não resolvemos a questão. Empurramos pra frente.
O pepino tá na mão da Rê, que pode ser acusada de tudo, menos de ser Bacana.
É uma pessoa séria, sofrendo pressões de todos os lados, tipo o carimbó.
A questão de criação, é outra história, com h mesmo. E que passa pelo PT, o partido menos criativo que já ví na minha vida nesse tipo de solução.
Aí, é uma conversa longa que, sugiro, deveria ser aberta ao debate.
Que tal, a velha história de abrir ao debate?

19 Comments:

Anonymous Regina Alves said...

Afonsinho
Teu post me trouxe de volta aquele tempo do "estamos inventando uma televisão", tão criativo, sofrido, divertido, tanta gente se juntando, trazendo idéias, tanta gente talentosa que pintava por lá, na tela e na cozinha, uma meninada se revelando, os mais experientes com tesão de estreantes.
Terei sempre aquela época da Funtelpa, da TV Cultura, nas minhas melhores lembranças, pessoais e profissionais.

Saudades, um beijo

4:43 PM  
Anonymous Romulo Sampaio said...

Esse debate ,presumo, deve comecar pelo papel e o encontro da Funtelpa com a sociedade paraense e nao continuar servindo muito a poucos .Eh , sem duvida, lamentavel o transtorno indivudual causado a tanta gente no auge dessas medidas administrativas necessarias mas o que importa eh que depois que a poeira sentar, talvez seja mais facil de re-escalar o time.Eh isso aih Regina, tem que ter braco forte de mulher para "re"-encontrar o caminho da Fundacao e seu honesto papel ao servir e prestar sua existencia nao tao fulgazes quanto aos inquilinos Partidos e Governos que se sucedem.

5:32 AM  
Anonymous Romulo Sampaio said...

Esse debate ,presumo, deve comecar pelo papel e o encontro da Funtelpa com a sociedade paraense e nao continuar servindo muito a poucos .Eh , sem duvida, lamentavel o transtorno indivudual causado a tanta gente no auge dessas medidas administrativas necessarias mas o que importa eh que depois que a poeira sentar, talvez seja mais facil de re-escalar o time.Eh isso aih Regina, tem que ter braco forte de mulher para "re"-encontrar o caminho da Fundacao e seu honesto papel ao servir e prestar sua existencia nao tao fulgazes quanto aos inquilinos Partidos e Governos que se sucedem.

5:32 AM  
Anonymous Anonymous said...

Ak,
Sobre a FUNTELPA, tudo bem. Mas não diga que "fez mestrado na USP". É feio, porque dá a entender que vc realmente concluiu o mestrado, o que, como se sabe, não aconteceu. Você nunca defendeu um trabalho acadêmico.
Quando muito, vc assistiu aulas e leu uma coisa ou outra nos intervalos do SBT. A academia, vc nunca levou a sério...Se esta é sua escolha, mantenha a coerência.

7:20 AM  
Blogger ak said...

ak diz:
Regina: não inventamos juntos só na Funtelpa. Inventamos juntos no jornal Liberal, na TV Liberal, na Universidade Federal do Pará, junto com Paulo Chaves, Edson Berbary, Zélia Amador de Deus, Osmar Pinheiro de Souza Jr., Emanoel Nassar, Dina Oliveira, La rocque, Le Bihan, Raimundo Gondim, Fátima Gondim, Edgar Augusto, Edyr Augusto, Lúcio Flávio Pinto, Otacílio pai de todos, João de Jesus Paes Loureiro, Luiz Otávio Barata, José Luíz de Campos Ribeiro, Ronaldo Guerra, Roberto Vieira, Juana Bertha, quem mais que a memória me foge desse time de pesos leves, levíssimos, onde construímos ao lado dos alunos, que inventaram o PRC, o Caminhando, e tantas outras tendências naquele nosso inesquecível Departamento de Artes e Comunicações da Ufpa. Salve!
Rômulo : tenho certeza que a Regina Lima vai saber o que fazer.
Anônimo aborrecido: fiz sim o Mestrado na USP. Fui um dos raros alunos do mestrado que concluiu todos os créditos com A. Olha que só precisava fazer 8 disciplinas. Fiz 13. Todas com A. O curso de mestrado, fiz sim. Entra na Internet e procura meu nome lá. Continue me criticando. Acho muito bom.
afonso klautau

10:44 AM  
Anonymous Anonymous said...

Salve, AK.
Admiro teu blog e acho que é a melhor referência crítica sobre o jornalismo praticado no Estado.
Mas fiquei com uma curiosidade após tua resposta ao "anônimo aborrecido": afinal, concluíste o mestrado na USP?

3:52 AM  
Anonymous Anonymous said...

O AK levou a vida todo e mais seis meses se escudando no nome da família klautau.
Cresce Afonso e deixa o mundo girar e a fila andar.

6:18 AM  
Blogger Diego Genú Klautau said...

Salve Pai.
Referências acadêmicas você sempre teve!
Aprendi muito do que é aprender com você. Obrigado.
E o mais importante, assinar. Com nome legível e endereço.
Abração!

6:25 PM  
Anonymous Anonymous said...

Caramba , De Ligório , tem uma turma que não gosta de vc mesmo.Xá pra lá.Só me pergunto por que não assinam???? Antigamente a gente chamava isso de cagaço mesmo hj deve ter um nome mais fino , quem sabe???
Oi Romulo te mandei uns imeios , recebeste?
Abração
Tadeu

10:50 AM  
Anonymous Anonymous said...

ak diz:
Vumbora contar a história?
Aos pedaços, na ribalta, como pede o Juca.
Vamos lá. Que os vivos falem.

3:21 PM  
Blogger Juvencio de Arruda said...

Tá ficando bom agora.

5:12 PM  
Anonymous Anonymous said...

ak diz:anônimo sem ser aborrecido, conclui sim o curso de mestrado na USP. Deixe de ser anônimo, mande seu endereço que eu eu lhe mando o certificado de conclusão.
anõnimo que queria sair do anonimato e assinar com o escudo Klautau: me orgulho tanto disso, cara.
Diego Klautau, meu filho, com nome legível e endereço.
Tadeu Schuman, um beijão de largas saudades e Rômulo responde os emails, porra.
Afonso Klautau

12:36 PM  
Anonymous Anonymous said...

Ak. Vou fazer um comentário anônimo. Se esta forma lhe incomoda, não responda. É um direito seu. Assim como é um direito meu utilizá-la.
De modo enviesado, o "anônimo aborrecido" lhe acusou de mentir sobre "ter feito o mestrado na USP". E vc não respondeu devidamente.
Afinal, vc tem o título de Mestre pela USP? Vc defendeu uma dissertação de mestrado? qual o título dela?
Por que vc não esclerece isso e cala todos esses anônimos covardes e mentirosos, que não herdaram um escudo tão nobre para se orgulhar?
Compreenderei o seu silêncio

8:27 AM  
Anonymous Anonymous said...

Ihh, agora tem um "anônimo compreensivo"...

1:20 PM  
Anonymous Anonymous said...

Rsrsrs.Tão Belém.Tentam difamar o profissional com cobranças acadêmicas. A melhor tese do AK é a ficha corrida dele,porra. De que adianta ser mestre,doutor e os cacete e na hora de produzir jornalismo não saber editar um simples matéria?? de que adianta ser mestre e afundar uma tv e uma rádio pública? em 9 meses, a turma da Rêbacana, conseguiu paralisar a funtelpa.
Afonso, esse papo de que os demitidos da funtelpa tinham de ser demitidos por conta de um TAC, é balela de quem não sabe fazer. Por que não criaram uma OS - organização social ? fazendo isso poderiam empregar todos os atuais funcionários da funtelpa por CLT, sem exigência de concurso.Quem conhece um pouco da produção de rádio e tv sabe perfeitamente que as leis do serviço público são imcompatíveis com necessidades de veículos de comunicação. No rio de Janeiro, a Fundação Roquete Pinto (TVE e Rádio Nacional)é uma OS gerenciada por petistas. Em Minas Gerais, a Rede Minas(tv pública de Minas) é uma OS.Essa era é a saída que foi deixada trabalhada pela administração anterior. Segundo comentários futelpianos, a Grande Doutora Rêbacana teria dito que o governo do PT é contra OS. Como assim ,AK?? e a OS do São José Liberto?e a OS da estação das docas? e a OS do Mangal das Garças? e a OS do Hangar?? se são contra, por que não acabaram com elas?
AK, na Funtelpa o que faltou foi experiência e competência de gestão pública.Coisa que a "doutora"Regina vai ter de aprender ralando pelas redações da vida, ou quem sabe fazendo um curso madureza de como não demitir funcionários públicos dedicados por falta de criatividade e ousadia
Tenho Dito!
e Viva o Doutor Afonso

11:17 AM  
Anonymous Anonymous said...

só um conserto pro entendimento ficar melhor.No final do meu texto eu escrevi assim:
a "doutora"Regina vai ter de aprender ralando pelas redações da vida, ou quem sabe fazendo um curso madureza de como não demitir funcionários públicos dedicados por falta de criatividade e ousadia

E ASSIM FICA MELHOR

a "doutora"Regina vai ter de aprender ralando pelas redações da vida, ou quem sabe fazendo um curso madureza de como não demitir, POR FALTA DE CRIATIVIDADE E OUSADIA, funcionários públicos dedicados.
AKKKKKK!!!Enquanto isso a Funtelpa chora

11:31 AM  
Anonymous Anonymous said...

Ei Klautau
que criação rapá?? eles são eficazes em descriação. Destruiram tudo de bom que estava lá.Que tal ver o Paulo Roberto apresentando um tal de Regatão??????? programa que entrou no lugar do Bem Pará, hoje transformado num belo programa chamado Fronteira Amazônia, apresentado pela Dani Filgueiras na Tv Rauland? Criam muito mas é caso, seu AK.
Se em 1 ano eles desmontaram a Funtelpa, imagina o que farão nos 3 restantes

11:51 AM  
Anonymous Anonymous said...

Afonso Klautau.
Lembras do cinema novo?
uma câmera na mão e uma idéia na cabeça?
a Tv Cultura inaugura a TV NOVA...uma câmera na mão e nenhuma idéia na cabeça

12:14 PM  
Anonymous Anonymous said...

Puta Merda!!!! Dor de cotovelo doe demais cara!!!

1:57 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home