Saturday, December 01, 2007

PARA O CORONEL PASSARINHO

Não gosto do senhor e, pelo que sei, o senhor não gosta de mim.
Mas, meu pai gostava - tanto que lhe deu seu primeiro emprego civil - meu irmão mais velho, o Baim, também gosta.
Pai, irmão mais velho e padrinho como o Baim, a gente cala a boca quando eles falam.
Hoje, peço perdão ao Papai e ao Pandrinho, para dizer que, coronel, o senhor é um hipócrita.
No seu artigo de hoje do Liberal, o sub-título é o seguinte: "o rodízio no poder é essencial á democracia, bem assim o respeito pelos direitos fundamentais".
E o senhor coronel assina assim: governador do Estado, senador e ministro de Estado de quatro governos.
Todos os cargos da ditadura que mais desrespeitou o rodízio no poder.
Para citar um pensador ilustre que não lembro mais quem é : "ás favas, os escrúpulos".............................sem crase

8 Comments:

Anonymous paulinho klautau said...

Oi, Afonso!
Bem a calhar, com este e outros "posts" do teu blog, gostaria de divulgar, com expresso convite pra ti e pros teus "visitantes", o lançamento do meu livro "O direito dos cidadãos à verdade perante o poder público". Será no dia 18 de dezembro, às 19hs na sede da Assembléia Paraense da Presidente Vargas.
É a versão revista de minha tese de doutorado, defendida perante a Faculdade de Direito da USP, com orientação do Professor Fábio Konder Comparato (que prefacia o livro), um dos autores da petição de "impeachment" contra o Collor. Digamos que o Comparato nunca foi o melhor amigo do Coronel, agora defensor dos direitos fundamentais.
O livro discute o tema da mentira e do segredo na política, abordando, entre outros, a, ainda pendente(!), questão da abertura dos arquivos da ditadura - não é um dos assuntos preferidos da corporação do Coronel, que prefere chamar o direito à memória individual e coletiva de "revanchismo".
Minhas limitações "informáticas" me impedem de postar a capa, mas remeto os interessados ao blog Flanar, onde meu amigo Francisco Edson fez gentil divulgação. Se eu aprender, mando pra cá.
Te aguardo, Curica. E aos amigos do blog.
Beijo,
paulinho

3:12 AM  
Anonymous Anonymous said...

X pela primeira vez concordo contigo.Z

5:53 AM  
Blogger Francisco Rocha Junior said...

Afonso, peço licença para passar aos eventuais leitores interessados o link da postagem no Flanar sobre o livro do Paulinho: http://blogflanar.blogspot.com/2007/11/o-direito-dos-cidados-verdade-perante-o.html
Abs.

8:45 AM  
Anonymous Anonymous said...

Agorané ak é absoluamente conveniente essa crítica aojp, ams se fosse um pouquinho antes deveras concordarias. rsrsrs
bem tu.

11:43 AM  
Anonymous Anonymous said...

O AK está chutando cachorro morto. Assim não vale.Logo tu um tremento X. Um bjs do P.

5:28 AM  
Anonymous Janjão said...

Parabéns Afonso Klautau, mais uma vez tu foste brilhante no teu comentário

6:20 AM  
Blogger Leila Jinkings said...

Pois eu adorei. Cachorro morto ou não, tem que chutar pra longe!
Dá-lhe, AK. A hipocrisia é uma merda.
bj

10:18 AM  
Anonymous Anonymous said...

muito bem AK,tem mais é que chutar esse cachorro chamado passarinho que infelizmente nada tem de morto.

8:15 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home