Wednesday, January 23, 2008

A HISTÓRIA COM H

Escrevendo esse post aí em baixo, pensei : que temos de História registrada no Pará de 1982 a 2006 ?
O que temos pós ditadura ?
O Lúcio Flávio Pinto até tenta. O problema é que ele acha que é o protagonista, quando não passa de um coadjuvante, como todos nós.
Mas, faça-se justiça, é um dos raros que tenta.
A Universidade Federal do Pará tem quatro mestrados com dissertações que vão buscar as origens dos azulejos na História do Pará, o papel das índias no trato da menstruação, a semiologia dos arcos da velha, e ponto.
Os mestrados são : Antroplogia, Ciência Política, História, Comunicação.
O que fazem esses mestres ?
Ponto, em seguida.

5 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Você disse que comentaria em janeiro o artigo do Lucio sobre o Almir. Vai fazer?

4:06 PM  
Blogger Diego Genú Klautau said...

Salve dotô.
Grande pergunta. Quando fiz meu mestrado, escolhi algo muito pessoal para discutir, e somente isso me fez conseguir terminar.
Será que os estudantes, os grupos de pesquisa, são interessados o suficiente para escrever sobre isso?
Abração.

6:14 PM  
Anonymous Ronaldo Barata said...

Caro Afonso:
A permanente crítica feita à Universidade, desde o início da década de 60 é a de que sua produção sempre ficou restrita aos muros que a cercam. Infelizmente sua postura não se modificou, apesar dos mestres, phds e pesquisadores pagos pelo povo. Se desejarmos discutir e analisar os acontecimentos históricos e políticos dos últimos 30 anos, resta-nos, tão somente, como participes de tais fatos, colocar mãos à obra e começarmos a escrever. Este é um desafio lançado aos que ainda sobrevivem. Topas?
Abraços do Ronaldo.

11:26 AM  
Anonymous Anonymous said...

Deixa de delírio,comunicação ainda não tem mestrado,o que vcs fizeram qdo lá estiveram?

8:24 AM  
Anonymous Anonymous said...

ak diz :

DIEGO KLAUTAU, RONALDO BARATA:
Nunca estivemos tão dispersos. A web está nos aproximando. Onde tem conteúdo e onde tem o supérfluo na web ?
O Hélio Gueiros conta que viu num out-door, a frase "Liberte-se do ensino chato".
Lembrou, então, que um grande professor dele na Faculdade de Direito, começava as aulas assim:
- "Quero que vocês saiam cansados dessa aula. Quem não se cansa pra aprender, não aprende."
Afonso Klautau

6:07 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home