Thursday, March 22, 2007

DEPUTADO G E VEREADOR G

Depois que o presidente Lula propõs ao presidente Bush - é irrelevante saber de que país é cada um - encontrarem o ponto G de sua relações, o G virou moda.
Na Câmara Municipal de Belém, tem o G-11, grupo interpartidário que faz oposição ao prefeito, pedindo CPI para investigar "malversação ( ui ) na aplicação de recursos públicos por parte da Prefeitura....do uso inadequado de maquinário cedido para o Projeto de Macrodrenagem da Bacia do Una pela empresa Belém Ambiental, contratada pela PMB".
Na Assembléia Legislativa, o G-8, grupo interpartidário que não é "subordinado as bancadas de oposição ou situação" - o que é, então ? - pede "sessão especial para debater a questão da segurança pública do Estado".
Como se gê - ops, se vê - duas medidas práticas e de rápido resultado.
Na Assembléia, resolveram, também, um assunto banal: ontem, as lideranças das bancadas, por unanimidade, aprovaram o aumento do número de assessores dos deputados ( cada um ganha mais dez ) e o aumento da verba de gabinete, que hoje está fixada em 20 mil reais por cabeça. Falta definir quanto vai ficar que isso é assunto sério que precisa ser debatido nem tanto à exaustão.
Pra encerrar, hoje no Diário, ao lado das notícias da Câmara e da AL, tem um fato que não pode passar ao largo do Ponto G. Diz o seguinte: "Mandioca: tem fécula no brioche".

3 Comments:

Blogger Juvencio de Arruda said...

Finíssima!

12:57 PM  
Blogger klautau said...

Pois é dotô. Pois é...

12:31 PM  
Blogger hiroshi said...

De dez, Klautau. Delicioso...o texto. Não confundir com a mandioca.
É bom te ler, meu!
Abs

5:57 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home