Saturday, March 10, 2007

PERFIL DE JADER 02
Jáder é um típico sedutor que faz de tudo para ir em busca de seus inetersses.....vários vilões que ele escreveu ( Gilberto Braga ) , no fundo, tem algo a ver com que muitas pessoas gostariam de ser, ou até mesmo com atitudes que gostariam de ter. Mas, no fundo, todos mascaram. E quando esses personagens aparecem na Tv, o público gosta........o enfoque de Jáder é um projeto político e artístico.....as pessoas se identificam, inconscientemente, com esse lado da psicologia humana, social e moralmente combatido e negado. Talvez se surpreendam com ações e sentimentos que fazem parte delas mesmas..
Palavras do ator Chico Diaz, para a Folhapress, sobre seu personagem Jáder na novela global "Paraíso Tropical".
Id, Freud.

3 Comments:

Blogger Camilli said...

A NOVELA...
Se a vida q imita a arte ou a arte q imita a vida..Logo agora no seculo XXI eu naum sei...
Tah td tão misturado,tah td irrevisto,sendo visto...sendo libido...apenas deslocamento de prazer de uma moral tão caida!
mariana
roupas no varal...

5:10 AM  
Anonymous Adelina said...

Não. Não somos mesmo anjos, por mais que posemos como tal.
Nunca me percebi querendo ser alguém vil.
Porém, lendo o último livro do Flávio Gikovate, onde ele discute quem é o "generoso" e quem é o "egoísta", pelo menos não me enquadro mais tão maciamente na primeira categoria...rsrsrs...Abração.

9:13 AM  
Blogger klautau said...

É. O desejo mimético do Girard funciona um pouco desse jeito. A base do desejo não objetal (Freud), mas sim mimético (Girard), sendo o objeto desejado imitado do modelo que se coloca como exemplo (Jáder). Logo, a violência é a marca maior de imitação, quer se imitar quem se tem pdoer de destruir a vida.
Difícil. Todos somo frágeis (e nesse sentido egoístas) e temos que sobreviver. Quem será nosso modelo, sabendo que mesmo não querendo conscientemente, buscamos com quem nos identificar?
Um forte abraço!

4:52 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home