Wednesday, March 28, 2007

PEDRO GALVÃO

Quarta, duas e meia da tarde, acabo de almoçar, toca o telefone.
Atendo e ninguém fala. Ouço vozes animadas. Parece festa.
Desligo e ligo pro número que me ligou. A festa continua. Desligo.
Toca o telefone de novo, atendo e alguém fala: " alô, você ligou pra mim agora. É Pedro Galvão que está falando.
Digo : "profliguemos, grande Pedro, profliguemos".
Uma risada que só os grandes intérpretes da locução tem naturalmente e a voz: "afonso, que bom que me ligas."
Digo : "não fui eu que ligou, foste tu. E a festa tá boa, né ?"
Pedro: "devo ter acionado o celular sem querer no teu número e a festa é do meu aniversário com minhas falando alto" (filhas podem falar tão alto quanto queiram)
Digo : "Parabéns, grande Pedro. E viva seu celular."
Rasga seda aqui, rasga seda acolá e a certeza que amizade não precisa seda pra rasgar.
Pedro Galvão e Oswaldo Mendes são os nossos mestres na arte do texto, em qualquer ordem de destaque.
Fico feliz da coincidência brindar a vida.
Profliguemos, Pedro, profliguemos.

3 Comments:

Anonymous Anonymous said...

8 x 23 disse ...

Veja só a importância do Blog como veículo de comunicação: acabo de parabenizar o Pedro Galvão pelo aniversário.

1:41 PM  
Blogger klautau said...

Salve dotô. Lembro que o primeiro estágio da minha vida foi com o Pedro Galvão!!! Escrevi até uma peça publicitária!!
Um beijão.

9:00 PM  
Anonymous Anonymous said...

caro, apenas uma curiosidade o que significa "profliguemos", não achei em nenhum dicionário e em uma pesquisa no google a única referência é deste blog???????????????????????????

4:38 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home