Wednesday, May 16, 2007

PERGUNTA SIMPLES

Não foi nem meia hora nem a vida inteira que me fizeram parar de escrever.
Então, lá vai.
Por que o grupo Yamada, com pessoas competentíssimas e brilhantes como o Hiroshi e o Fernando, que eu conheço - deve ter mais gente do tope deles que eu não conheço - não abrem um jornal e começam a criar um grupo de comunicação no Pará, já que eles mesmos estão sentindo a barra, talvez aliados a outros empresários, pensando numa nova maneira de ter lucro: a informação.
O Otávio Frias de Oliveira, dono da Folha de S.Paulo, morto recentemente, dizia : -" não sou um jornalista, sou um empresário e meu negócio é vender informação. E a melhor qualidade do meu produto é a credibilidade. Assim é que vou ganhar dinheiro:".

10 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Rômulo Sampaio diz : E NÓS SÓ QUEREMOS NOSSOS CÉUS SEGUROS JÁ QUE NA TERRA TÁ DIFÍCIL.
Ak, peço licença para dizer o seguinte :

11:40 AM  
Anonymous Anonymous said...

Parabéns AK, pela volta imediata ao "batente". Ufa ! Que susto !

11:40 AM  
Anonymous Anonymous said...

Caros leitores e frequentadores do blog, o anônimo de 10:44 tem razão ao afirmar sobre os custos adicionais que implicam o curso em questão. Outro importante aspecto é a independência tecnológica que proporcionará do ponto de vista de uma mão de obra de alta qualificação e necessária para o quadro de profissionais do Estado do Pará , além de transformar o nosso Estado em uma referência regional na capacitaçao dos aeroviários e aerodesportistas fora do eixo Rio-São Paulo- Estados Unidos.
Acho também que seria apropriado mais um convênio para que possa formar também controladores de vôo e novos mecânicos de aeronaves além de continuar com a porta das salas de aula abertas para a formação de comissários,pilotos privados,paraquedistas, dobradores e tudo aquilo que possa ser revertido em qualificação e preparo tecnológico para acompanhar os avanços mundiais nessa área e tornar o lindo céu do Pará mais seguro.
Quero salientar que o Aeroclube do Pará "planou "anos e anos somente com a ajuda de nossa própria comunidade e das contribuições de dirigentes e alguns poucos convênios com o SERAC.Nesse período nem um comentário'que pudesse efetivamente colaborar com a situaçao por parte de alguns setores da imprensa local ou atençao de govêrno as suplicas de nossa entidade.
Peço aos críticos que façam uma visita ao nosso , ao seu, Aeroclube do Pará, vá tranquilo e leve sua família para conhecer de perto a nossa e constatar que essas querelas políticas ,de fato, não fazem parte de nosso cotidiano, dedicado ao aperfeiçoamento e a prestaçao de nossa qualificaçao e paixão ao serviço de nosso povo paraense.
Por último gostaria de pedir um favor publicamente nesse útil blog:
ROMINHO,POR FAVOR, DEIXE NOSSA ENTIDADE FORA DISSO.VOCÊ TAMBÉM TEM AVIÃO E SABE DESSA NECESSIDADE FORA DOS GRANDES CENTROS.UM "UP GRADE " NESSE SETOR EM NOSSA REGiÃO É INADIAVELMENTE IMPORTANTÍSSIMO, INSISTO. AO VEICULAR UMA NOTA DESSA PROPORCAO NO REPÓRTER 70 EM O LIBERAL,ATACA A HONRA DE NOSSO CLUBE E DE SEUS INTEGRANTES, ATRAVÉS DE ATAQUES AO PRESIDENTE DE NOSSA ENTIDADE.
ROMINHO... ...NOS DEIXE FORA DESSA DISPUTA ENTRE VOCES.SÓ QUEREMOS , QUALIFICAR,VOAR E CONDUZIR COM SEGURANÇA AS FAMILIAS DOS PARAENSES SIMPLES COMO NÓS E IMPORTANTES COMO VOCES.
Sinceramente agradecido por esse favor.
Obrigado pela chance de fazer essas considerações.
Rômulo Sampaio
PQD/PP, ex diretor de Paraquedismo do ACP,ex diretor da Federação de Paraquedismo da Amazônia Oriental e produtor internacional de eventos esportivos e logistica e, com toda a pavulagem, Paraense do bico roxo de açaí e noda de bacurí

11:40 AM  
Anonymous Rômulo Sampaio said...

Obrigado, AK .Para não "mermão". Não nos deixe sózinhos e orfãos na expressão.

11:47 AM  
Anonymous Anonymous said...

ak diz.
Romulo: me convide e marque a hora e a data que vou lá; acho que não vai ter importância nenhuma, mas que vou, vou - de bengala como ando hoje - mas vou.
Afonso Klautau

1:08 PM  
Anonymous Anonymous said...

Voce é de uma alma generosa e irrequieta.Farei sim, com todo o prazer, assim que pousar em Belém ,indo ou vindo para Altér do Chão, minha casa no Pará, o Cairé (quer dizer Lua Cheia em Tupy-Guarany e nome dado de presente por Sant'ana Pereira,meu pai).A minha Villa Flôr do Tapajós, no alto do morro.Atualmente estou nos Estados Unidos onde resido,estudo e trabalho mas coração (olhos e ouvidos também)nas searas paraoaras ,tapajoaras e nos campos do Marajó, esses já não tão molhados pelas chuvas que inspirou esse grande paraense chamado Dacidio Jurandir porém cheio de paraenses afogados na pobreza sem Chicos mas pagando micos.
Não sabia da bengala porém tu não vais precisar dela para voar comigo.Aliás, com um blog de sucesso como esse, vc já pode se sentar e descansar um pouco mas não para de escrever.
Obrigado.
Rômulo Sampaio

2:02 PM  
Anonymous Anonymous said...

ak diz.
Chove nos campos de Cachoeira.

5:45 PM  
Anonymous Anonymous said...

Hey, ak, o Luiz Araujo também usa bengala!

8:02 AM  
Blogger ak said...

ak diz.
A dele, com certeza, é diferente da minha.

8:42 AM  
Anonymous francisco rocha junior said...

A bengala que o Luiz Araújo tá usando agora é moral, e mesmo assim não o sustenta. Com certeza, dessa o AK não precisa.

12:07 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home