Wednesday, April 25, 2007

BATE TAMBOR, Ê,Ê, Ê,Ê

Recebí um comentário do Hiroshi ao post "Pára com Isso", comentando - claro, se é comentário - a estratégia da nova Coordenadoria de Comunicação Social do novo governo do Pará sobre a escolha da nova logomarca e do novo slogan do novo governo. Pelo que entendí, tanto pra ele quanto pra mim, a estratégia também é nova.
Tentando aprender algo novo, fui ao blog do novo Coordenador de Comunicação Social, o pós doutor pela Universidade de Paris (qual?), Fábio Castro, e entendí tudo.
Tá lá, com todas as letras, com o título "Pós-Colonialismo e Hibridez Cultural 3". Só não entende quem não quer.
Diz o seguinte ;"a identidade é um processo fantasmal e interminável....a herança é construída, ou seja, a pessoa não herda, simplesmente, uma identidade, ela a reiventa. Quem recebe uma herança tria, valoriza, se re-ativa por meio dela, ou a nega ".
Agora, sim, tá explicado. Mais claro que isso, impossível.
Quem quiser se aprofundar no tema, vá ao seguinte endereço: hupomnemata.blogspot.com
Quanto a nós, Hiroshi,vamos continuar batendo tambor Ê,Ê,Ê,Ê.

1 Comments:

Blogger Diego Genú Klautau said...

Pois é dotô. Esse negócio de herança sempre foi assim. coisa mais commom impossível. Tem que ser creative para herdar!
Abraço.

4:26 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home