Thursday, April 26, 2007

BURRICE OU INTELIGÊNCIA ?

Essa história da Comunicação Social do governo do Pará tá ficando chata. Pra quem lê os blogs, principalmente. E a culpa dessa chatice é dessa Coordenadoria, que se pretende inteligente no avanço das tecnologias, mas é burra ao desconhecer os blog que são, hoje, as únicas mídias estão questionando o trato do governo com as mídias.
Posso estar sendo grosseiro, mas o silêncio de quem devia falar, me incomoda.
Um: qual a agência que fez os anúncios dos 113 dias?
Dois : é verdade que 100 mil revistas foram impressas e jogadas no lixo ? Por que ?
Tres: o que houve na CCS com tantas pessoas demitidas e tantas contratadas ?
Quatro : por que o secretário de Comunicacão Social não convoca uma coletiva e fala sobre tudo isso, inclusive com a mudança da ótica da comunicação no governo?
Se ninguém responder, só pode ser burrice minha e inteligência deles.

8 Comments:

Blogger Diego Genú Klautau said...

Olha dotô, é muito bom poder perguntar livremente! Mesmo que não tenhamos respostas! O velho descartes, apesar de toda crítica, tinha a dúvida metódica como um bom ponto. Às vezes funciona,e aí é que são elas!
Parabéns.

4:34 AM  
Anonymous Anonymous said...

Ficar sem respostas não só é chato como desrespeitoso. Afinal, as revistas foram impressas com dinheiro público e feitas por um grupo de jornalistas recém contratado tb com dinheiro público.
Por sorte dos contribuintes, das 100 mil revistas previstas só foram rodadas 10. Se não, já imaginaram como ficaria a sala do doutor Fábio Castro? Afinal, trancar 10 mil revistas não é a mesma coisa que amontoar 100, não é mesmo?
E que fique bem claro: a revista foi sim produzida pela nova equipe de focas. Apesar de ter sido feita dias antes das demissões em massa, os jornalistas da equipe de Fátima Gonçalves foram apenas expectadores desse exemplo de incompetência.
Quanto aos interesses que estão por trás disso, só nos cabe cogitar. Arrisco um palpite: tem gente muito mais próxima da governadora e muito mais forte no governo por trás do nosso doutor, que pode se revelar uma simples marionete. Que papelão hein?!

5:44 AM  
Anonymous Anonymous said...

Não se aborreça, doutor, o senhor não está sozinho. Somos todos os vis mortais muito burros e eles, os privilegiados doutores do novel governo por demais inteligentes. Por isso a dificuldade que eles têm em explicar todo esse bafáfá à plebe rude e depois, por que dar explicações à plebe rude, que não tem porque se intrometer em assuntos tão superiores como o de criar uma estratégia de comunicação para o governo?

4:20 PM  
Anonymous Anonymous said...

Além de total deselegância e desrespeito aos profissionais que foram para a CCS com a Fátima Gonçalves, os iluminados que assaltaram a coordenadoria de comunicação agora tentam empurrar a responsabilidade pela revista - voce leu, AK? dizque o portugues é pra lá de sofrível, verdade? Doutor no Brasil não precisa saber escrever? - à equipe da Fátima, que nem foi consultada nem tomou conhecimento do que era feito a portas fechadas.

4:27 PM  
Anonymous Anonymous said...

ak diz.
Com todo respeito ao povo português - meu avó materno era de Lisboa - mas tem aquela história que perguntaram ao velho portuga por que ele não sabia escrever.
Resposta sábia : - para que vou aprender a escrever se não sei ler?
Afonso Klautau

3:51 AM  
Anonymous Anonymous said...

Ao anônimo das 5:44 AM: dizem que cgeram mesmo a rodar as 100 mil, e não apenas 10 mil. Se isso for verdade, o prejuízo é maior ainda.

1:02 PM  
Anonymous Anonymous said...

Se esse povo não acertou fazer essa revista quanto mais o resto. A Governadora e o governo, estão....de verdade.

3:21 PM  
Anonymous Anonymous said...

Ak, tu deve estar de brincadeira quando imaginas que o cara vai responder às perguntas que não querem calar...

9:39 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home